segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Caos Aéreo

Se tem um lugar que eu simplesmente detesto este lugar se chama aeroporto! Se eu pudesse, viajaria só de ônibus ou de trem simplesmente para evitar o tal do aeroporto.

Aqui nos EUA então, são filiais do inferno. Eu tinha uma viajem para Miami programada para a semana do Natal e até cogitei ir de trem, mas depois de descobrir que seriam 27 horas de viagem abortei a missão e comprei a passagem aérea. Pois bem, depois de enfrentar uma fila enorme pro check in, pagar U$25 para despachar uma mala (ano passado paguei U$15 e ainda reclamei, ai ai), outra fila para inspeção, mais outra, tirar o sapato e mais outra, chegamos no embarque para descobrir que nosso vôo seria cancelado por causa do mal tempo.

Nós temos que aguentar aeroportos por que queremos chegar ao nosso destino final, mas passar um dia inteiro lá para depois voltar pra casa foi um castigo por alguma coisa que ainda não descobri o quê.

Estou contando esta história por que aconteceu uma ainda pior ontem aqui em NY. Um infeliz conseguiu passar despercebido pelos seguranças e entrou no terminal pela saída. Isto é, não passou pela "minuciosa" (paranóica) inspeção. Logo alguém descobriu mas o terminal estava lotado de passageiros inocentes e o homem não foi localizado.

Conclusão: os demais passageiros tiveram que congelar nas suas posições, ninguém podia se mexer, entrar ou sair. Todos os vôos foram cancelados (partida e chegada) por mais de seis horas. Depois de perceber que o culpado nunca seria encontrado e já poderia ter passado armas ou sei lá mais o que para outros passageiros, a área foi evacuada e todos tiveram que passar novamente pelo pente fino.

Pois é, pague para entrar e reze para sair.

2 comentários:

Joeli disse...

Q sofrimento... haja paciência de BUDA!
bj

Larissa disse...

Essa foi inédita para mim, que compartilho o seu terror por aeroportos. Imagino que ai esteja cada vez pior, mas tem que contar até 1000 e encarar.
Pega o primeiro avião e vem logo pq estamos com saudades.

Bjs
Laris